Guarujá, a Pérola do Atlântico

Veja também: Categorias

Situada na Ilha de Santo Amaro, terceira maior ilha do litoral paulista, dispõe de um conjunto de 27 praias, algumas isoladas e acessíveis apenas por trilha ou barco, e outras em áreas urbanizadas. Sua economia esta apoiada na atividade turística, e também possui atividade marítima de lazer, indústria, uma intensa atividade portuária e um forte atrativo imobiliário. Boa parte da região da orla, nas praias próximas de centro (principalmente Astúrias, Pitangueiras, Enseada, e Tombo) é tomada por edificações dedicadas à população sazonal, que as ocupa principalmente nas férias de verão.

Nos anos 70, o Guarujá foi um badaladíssimo balneário para os paulistanos, sendo destino certo para férias e feriados prolongados. Ainda que seu público tenha migrado para áreas mais ao norte do estado, a cidade passou por um processo de reestruturação, e hoje apresenta uma das mais completas infraestruturas do litoral de São Paulo.

Uma das praias mais famosas é Enseada, a mais extensa da cidade. Muito procurada para a prática de esportes aquáticos, concentra ainda a maior parte dos hotéis e pousadas. A praia de Pitangueiras também é muito lembrada, graças às suas águas claras e ótimas para banho, além de sua vida noturna agitada – o canto do Morro do Maluf possui, inclusive, iluminação no período da noite.

Outros destaques vão para a praia do Tombo, que abriga campeonatos de surf de nível nacional e também muitos bares e quiosques, para a Praia de Pernambuco, uma das mais belas – e vips – do Guarujá, e que lota de famílias na alta temporada, além das praias de Iporanga e São Pedro, as quais são paraísos naturais preservadíssimos e, graças a isso, possuem um acesso controlado pela associação de moradores